O Atacado

Uma empresa parecida com tantas no cenário brasileiro, que resistiu a inúmeras dificuldades, enfrentando mudanças no quadro econômico do Brasil, mas que uniu a família para juntos trabalharem e vencerem as dificuldades, transformando o atacado em uma grande empresa.

No inicio como já acompanhamos acima, eram poucos colaboradores e quase tudo era feito pela própria família. Hoje, na sede em Cascavel, ou por representantes espalhados por todo o país, o Atacado Buenão procura oferecer o melhor para os lojistas, criando assim uma relação de confiança e amizade.

Como conceito, o Buenão investe numa maneira de vestir que adapte sempre ao dinâmico e ao cotidiano. Os modelos são pensados e desenvolvidos a partir de perfis dos clientes ou por tendências do mercado. Nossos produtos devem refletir a personalidade dos consumidores e proporcionar conforto e satisfação. Nossa principal tendência é atender o gosto dos nossos clientes.

Procuramos estar em sintonia com as mais diversas situações que a família vivência todos os dias, desde a moda infantil, infanto-juvenil masculina e feminina, passando por acessórios, cama, mesa e banho.

É com essa forma de atender os clientes lojistas que priorizamos o bom atendimento, a qualidade, preços justos, sem deixar de lado o conforto e a praticidade. Tudo isso, faz com que, o Buenão seja a melhor opção para os amigos lojistas.

História

Tudo começou no ano de 1988, quando Edson o primeiro dos quatro irmãos da família Bueno, trabalhava em um supermercado como vendedor. Na rotina do seu trabalho, se dedicava com carisma ao atendimento dos clientes, foi quando um amigo que na época era representante comercial, observou sua dedicação e brilhantismo ao atender as pessoas que passavam por ali.

“Eu estava sempre alegre no atendimento aos clientes e acho que isso me tornava o vendedor que sempre estava em primeiro lugar nas vendas. Lembro ainda que, nessa época as vendas eram feitas do outro lado do balcão, bem diferente da realidade de hoje. Ganhávamos apenas um pouco mais do que o salário mínimo, mas eu tinha muita vontade de vencer na vida”.

Com essa determinação e vontade de vencer, Edson ouviu atentamente seu amigo, que disse quanto ganhava com vendas no ramo de confecções. “Nesse mesmo dia que ouvia meu amigo Daniel Fernandes, pedi a conta naquele supermercado, meu gerente não entendeu o porque da minha saída, mas Deus já sabia o motivo da minha decisão, pois era ele quem me dava forças e tinha preparado algo melhor pra mim”. Foi aí que nasceu o desejo de ser vendedor externo. Na luta para a realização dos sonhos vem as dificuldades. Edson não tinha carro e nem dinheiro para comprar um, mas teve a ideia de pedir ajuda ao seu irmão Charles, que naquela época trabalhava em um banco e ganhava um pouco melhor. “Meu irmão não se negou em me ajudar, pegou o pouco que tinha e com a ajuda do nosso pai compramos um fusca”.

Por indicação do amigo, Edson conseguiu um mostruário de um atacado de pequeno porte no ramo de confecções e saiu a luta. “Nesse primeiro dia fui trabalhar no Sudoeste do Paraná, vendi tudo o que eles tinham no estoque e continuei a vender para entregar no próximo mês”.

O trabalho de Edson durou apenas três meses nessa empresa, pois era pequena e não estava preparada para se adequar as mudanças e inovações do mercado e também para o crescimento e trabalho do vendedor, que já estava além do que a empresa poderia oferecer aos seus clientes. Foi aí que apareceu uma oportunidade de trabalhar em um atacado de confecções que precisava de representante para o Estado de Santa Catarina.

O vendedor e futuro empresário do ramo de confecções (Edson) não conhecia o Oeste de Santa Catarina mas, mais que depressa disse que sabia como trabalhar naquela região. “Graças a Deus esse empresário no ramo atacadista de confecções, acreditou em mim, pois acho que viu em meus olhos alguém que poderia se destacar na sua empresa”.

Foi nessa época, no ano de 1989 que Edson, o primeiro de mais três irmãos da família Bueno iniciou essa história de luta, mas de grandes realizações e claro, de vitória.

Quatro meses depois, o segundo irmão, (Charles), pediu demissão no banco e veio trabalhar na empresa. Foi atuar como representante, no Estado do Rio Grande do Sul, Junto do terceiro irmão (Everaldo), que deixou a cidade de Mariluz onde trabalhava com seus pais para se juntar aos outros irmãos e começar essa caminhada.

A união dos irmãos para trabalharem no mesmo segmento foi a partir de abril de 1989, sendo que eram representantes comerciais no ramo de confecções e assim foi durante 4 anos.

“Começamos do zero sem nenhum cliente, um foi para Santa Catarina abrir região e os outros para o Rio Grande do Sul sem nenhum conhecimento nesses Estados. Nós tínhamos coragem de trabalhar e vontade de vencer, isto é fundamental para o sucesso” relata Charles.

Dificuldades

Os irmãos contam que nem tudo era um mar de rosas. Eles enfrentaram muitas dificuldades pelo caminho. Naquele tempo nas cidades de pequeno porte o acesso era muito difícil, as estradas ainda eram de chão batido e em muitos lugares um pedregulho só. Quando chovia o problema era o barro e quando fazia sol a poeira da estrada. “Lembro como se fosse hoje uma passagem pela cidade de São Lourenço do Oeste, o asfalto estava sendo feito naquela localidade, era muito pedregulho e pra sair de lá com meu carro era só com a ajuda de um trator, mas vendi muito bem”, relembrou Edson.

Depois de dois anos que os irmãos Edson, Charles e Everaldo estavam nessa caminhada, os pais, Sr. Darci e Sra. Zenaide, que moravam na pequena cidade de Mariluz, cerca de 150 km de Cascavel, terra natal dos irmãos Bueno, vieram morar em Cascavel. Seu Darci vendeu tudo o que tinha e comprou um caminhão baú para fazer o frete da empresa.

Visão

Certo dia, Charles reuniu a família e disse que já estava na hora de irem mais longe. Já tinham o que era mais importante, clientes, o que eles com carisma e dedicação cuidavam muito bem. Os irmãos sabiam o que os clientes queriam em cada estação, então decidiram montar o próprio atacado.

Os irmãos Bueno sempre foram os primeiros colocados em vendas enquanto representantes nesses Estados. Com esse resultado decidiram começar a trajetória no ramo atacadista de confecções, sendo a família os proprietários do então iniciante Atacado Buenão.

No começo, vendedores eram somente os três irmãos, vendiam na pronta entrega e posteriormente somente através de pedidos. Toda venda efetuada por eles eram transportada pelo Sr. Darci Bueno (Patriarca da família). “Quando iniciamos nossos negócios tudo era mais difícil, porque a grande maioria dos clientes daquela época não gostavam de comprar de atacado, eles preferiam viajar para São Paulo e Santa Catarina.

Mas com trabalho, bons produtos, preços justos e principalmente bom relacionamento com nossos clientes, fomos ganhando espaço junto a eles e a grande maioria destes amigos clientes são nossos parceiros até hoje”, conta Charles.

Com a vinda do irmão mais novo (Eudes), o Buenão se concretizou, ficaram os quatro irmãos sócios e em família. Assim nasceu o ATACADO BUENÃO, no inicio do ano de 1993, na época, uma empresa pequena, mas já tinham a visão que um dia seriam grandes e com a capacidade para atender clientes espalhados por todo o Brasil.

Hoje

Com muito esforço, entusiasmo, perseverança e principalmente, dedicação aos nossos clientes, o Buenão é uma empresa sólida e referência no segmento atacadista no mercado da moda, no Oeste do Paraná. Mas não nos damos por satisfeitos, cientes das necessidades dos nossos clientes e do mercado, o atacado procura estar sempre inovando, trazendo novidades, lançamentos e buscando cada vez mais produtos de qualidade com preços competitivos.

Com as marcas próprias, BUENO, RAAVAT, CAMBUÊ, BUE BOY, DIKINHO e a mais nova AB4, produzimos hoje aproximadamente 100 mil peças mês. Com isso, dispomos de uma gama variada de produtos para cama, mesa e banho, malharia, jeans, camisaria, bermudas em diversos tecidos. Lançamos aproximadamente quatro modelos novos todos os dias.

As mais conceituadas indústrias de confecções são fornecedoras do Buenão, assim produtos de qualidade são oferecidos com preços atraentes e justos. O que tornou o Buenão referência de bom gosto e bom atendimento, pois o sucesso dos nossos clientes também é nosso sucesso.

Investimentos

Estamos preparados para melhor atender nossos clientes, com uma estrutura física moderna e agradável, com mais de 6.500m², para você se sentir bem em nossa empresa. Além do bom atendimento, pois mais do que negócios, primamos pela amizade e satisfação de todos que passam por aqui.

Com o crescimento da empresa dobrou também o número de funcionários. São 107 colaboradores no Atacado Buenão. Contamos também com os funcionários das empresas terceirizadas, facções e lavanderias que prestam serviços para o atacado, gerando assim mais de 350 empregos diretos.

Os investimentos são muitos e não param devido as constantes mudanças, seja na área de informática, aviamentos, máquinas, tecidos, treinamentos, informações, enfim, estamos sempre investindo para oferecer o que há de melhor para nossos clientes.

O segredo do sucesso

“Trabalharmos juntos, pai, mãe e os irmãos. O maior sucesso da nossa empresa é a maneira simples com a qual cada um de nós trabalha, somos em quatro sócios, cada um em área diferente. Eu Edson cuido das vendas, Charles das compras, Everaldo dos representantes e vendas externas, Eudes da parte financeira, pai e mãe cuida de nós quatro” relata Edson.

“O segredo mesmo não pode contar, mas vou revelar alguns deles. Para vencer, é trabalhar em conjunto, com a união dos quatro irmãos e da família sendo que, todos se esforçam ao máximo em suas áreas de atuação, sempre resolvendo os problemas em consenso e nunca individualmente, em prol do desenvolvimento de nossa empresa. Outra receita para o sucesso, chama-se trabalho, tem que trabalhar muito e nunca achar que chegou ao topo, porque, a partir daí só uma coisa poderá acontecer, você vai descer. Então trabalhe pensando somente em servir aos seus clientes e a sua família e nunca querer ser maior do que ninguém”, Charles .

“O segredo do sucesso eu não vou revelar, mas vou dar uma dica, ninguém chega a lugar algum sozinho”, Everaldo.

“O segredo do sucesso, uma incógnita indecifrável...
Idoneidade, credibilidade e trabalho árduo, a combinação perfeita para o êxito”
, Eudes.

Reconhecimento

Reconhecer as pessoas que fazem parte da nossa caminhada, que nos ajudaram a chegar onde estamos, nessa longa trajetória de luta e sucesso é uma das virtudes do ser humano dotado de um coração puro e generoso. Do cidadão que é capaz de amar seu próximo e reconhecer nele a esperança de um mundo melhor, e é nisso que se pauta a família Buenão.

“Hoje aqui, depois de 19 anos nessa caminhada e ao escrever pela vez primeira nossa história queremos agradecer em primeiro lugar a Deus pelo dom da vida, pela saúde e por tudo que tem nos dado esse tempo todo. Agradecemos a todos nossos familiares que sempre estiveram ao nosso lado, nos dando forças e até mesmo ajudando no atendimento aos nossos clientes.

Agradecemos a todos os nossos clientes, lembramos com saudades daqueles mais antigos e de todos que conquistamos ao longo dessa caminhada. Clientes que, muitos deles são nossos amigos e que fazem parte da nossa história. Não dá para enumerar aqui, pois graças a Deus são muitos e não queremos cometer injustiças esquecendo de alguém.

Agradecemos nossos colaboradores, aqueles que passaram por aqui e os que estão com a gente ajudando a escrever essa história, por que eles também são atores nessa caminhada.

Aos nossos fornecedores pela parceria de tantos anos. Agradecemos em especial nosso amigo Amauri José de Oliveira, que nos acolheu e nos deu suporte desde o inicio da nossa caminhada, Este que é os nossos olhos na cidade de São Paulo, está sempre atento as constantes mudanças no mundo da moda, sempre nos orientando e nos dando suporte nessa metrópole, onde tudo começa no que diz respeito à tendências e novidades no mundo da moda no Brasil.

Agradecemos a você que hoje está conhecendo um pouquinho mais da nossa história“.